Thread Rating:
  • 0 Vote(s) - 0 Average
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Trigo/Espelta
#1
Ok.
O primeiro já foi e há muito. Começo a perceber que durante a semana é difícil organizar-me para "padeirar". Ao fim e ao cabo são umas 4 horas de levedação, meia hora de cozedura e mais uma hora a preparar, amassar e arrumar. Ou seja quase seis horitas nisto.
Quinta-feira de tarde não trabalhei, assim depois de aproveitar a rara oportunidade de almoçar com a minha mulher, lembrei-me de fazer uns pãezinhos "para a Páscoa".
Preparei assim 500 gr de farinha com 40% Espelta e 60% Trigo T55 em 300 gr de água com 7 gr de sal. Tudo com 12Gr de fermento de padeiro comprado no supermercado.
Usei uma máquina de cozinha, vulgo batedeira, para mexer. Desta vez tive o cuidado de instalar as pás próprias e assim a massa já não começou a subir pela máquina acima  Smile . Esteve 2 minutos numa velocidade baixinha e mais 3 um pouco mais depressa. Formou muito bem e ao tirar a massa da máquina percebia numa consistência e toque agradável.

[Image: xmpi82.jpg]

Recordei-me de um video que vi aqui, em que se via um entendido a bater violentamente com a massa numa bancada. Apesar de na altura ter classificado tal atitude como um devaneio de um qualquer chef, ou uma fase da adolescência, resolvi experimentar. Parecia divertido e se ele pode, eu também.
Comecei assim a bater com a massa na bancada, esticar, enrolar e repetir. E funcionou. Depois de ter acertado uma ou duas vezes no armário de cima, lá lhe ganhei o gosto e algum jeito. Estive nisto uns bons 10 minutos.
O cão olhava aparvalhado,

[Image: 2nh3jf5.jpg]

a empregada adivinhava o armário superior todo sujo e a minha mulher olhava incrédula. É verdade, acho que não vos disse. Cheguei a um acordo com ela. Posso usar a cozinha desde que a deixe comer o pão. Sim, subornei-a. E depois?
Bem, lá coloquei a massa num recipiente em vidro e cobri com película plástica. Assim ficou 3 horas. 

[Image: 2n7h5af.jpg]

Já crescida:

[Image: 2h3ygox.jpg]

Fase de decidir por um pão grande ou dois mais pequenos. Escolhi a segunda e fiz dois pães aproximadamente do mesmo tamanho. Estiquei a superfície, passeio para um pano de linho, borrifei com farinha e lá os deixei assim 50 minutos.

[Image: 2pyup06.jpg]

A uns 15 minutos do final aqueci o forno, coloquei lá o recipiente com água e depois de pulverizar o forno com água, sim já tenho um pulverizador, coloquei os pães em cima de folha de alumínio 15 minutos a 240º e mais 20 a 190º.
Já para o final do tempo achei que estavam a ficar escuros por cima e com receio de os queimar tapei-os com folha de alumínio.
E pronto. Ficaram assim. Estou muito satisfeito.

[Image: nys8ap.jpg]

30 minutos a arrefecer, com uma grelha debaixo pare evitar condensação e claro a faca de serrilha, não é Julio?

[Image: 25tgos2.jpg]

O sabor está muito bom, mas gostei mais do primeiro. Não sei se por ter usado levedura diferente se por ter misturado farinhas. Enquanto escrevo isto um deles já foi, o outro fatiei e congelei.

[Image: 9gyayx.jpg]

"Marcha" amanhã Smile
Reply
#2
E pronto, estás lançado!  
Já tens uma faca apropriada e tudo! Smile
É continuar!!

Quando quiseres congelar o pão, evita cortar em fatias, sobretudo finas, pois dessa forma o pão é mais afectado pela formação dos cristais de gelo. Congela bocados grandes.
Reply
#3
Sim, Júlio, tens razão. Acabei por fatiar fino, mas congelei em sacos que permitem um vácuo parcial.
Reply


Forum Jump:


Users browsing this thread: 1 Guest(s)