Thread Rating:
  • 0 Vote(s) - 0 Average
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Inserir a panificação no horário de trabalho
#1
Uma das dificuldades iniciais ao interessar-me por fazer pão em casa foi conciliar este hobby com o meu horário de trabalho, normalmente entre as 8h30 e as 19h nos dias de semana.

Foi o método de fermentações longas que me permitiu encaixar as duas coisas, reduzindo também muito o tempo de amassar. 

O objectivo inicial era ter o pão pronto a comer Sábado de manhã, então comecei a amassar à Sexta à noite e a cozer no outro dia logo que acordava. 

Tinha dois problemas com este método: tinha de esperar enquanto o forno aquecia, que o pão cozesse e ainda que arrefecesse... Claro que não resistíamos e atacávamos o pão ainda quente, o que fazia com que o pão não acabasse de desenvolver o miolo.


Assim, passei a usar o seguinte horário (já depois de criar um isco e de apenas usar levedura de padeiro para certas receitas):

Quarta de manhã: tirar isco do frigorífico

Quarta ao final do dia: alimentar o isco e deixá-lo a repousar fora do frigorífico (5min)

Quinta de manhã: preparar um pré-fermento com parte isco , farinha e água e deixá-lo a repousar fora do frigorífico (5min) 

Quinta à noite: Misturar os ingredientes e amassar logo quando chego a casa (15min). Deixar fora do frigorífico até deitar e fazer dobras à massa a cada 30/45min (cada dobra: 5min, total 4 dobras). Colocar no frigorífico

Sexta à noite: Ao chegar a casa, retirar o pão do frio enquanto o forno aquece e cozê-lo. Quando estiver frio, guardá-lo num saco de papel.

No Sábado de manhã, o pão está no ponto para abrir!! Shy
Reply


Forum Jump:


Users browsing this thread: 1 Guest(s)