Thread Rating:
  • 0 Vote(s) - 0 Average
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Apresentação
#1
Olá a todos os utilizadores deste forum. Obrigada por existirem pois sou uma grande apreciadora de pão, nomeadamente pão alentejano. Sou uma simples curiosa na matéria que, quase todas as semanas, faz pão para aproveitar o isco que sobra do processo de alimentação do mesmo.
Apesar de fazer várias vezes pão ainda não acertei com a formula, mas não desisto. Isto é, não consigo uma massa que se despegue completamente das mãos, quer na primeira amassadura quer depois no tender, a massa está sempre a colar. Será que é falta de farinha na bancada, ou nas mãos? Se alguém tiver uma dica eu agradeço, no entanto vou continuando a tentar até conseguir Rolleyes . Obrigada. Alice
Reply
#2
Olá Alice

Bem-vinda!

Se estás a falar de massa de pão alentejano é estranho pegar tanto, porque a massa de pão alentejano caracteriza-se por ter uma hidratação relativamente baixa o que ajuda desde logo a que a massa não pegue tanto nas mãos e na bancada.

Se não estás a falar de pão alentejano aconselho-te a dimuires um bocadinho a hidratação da massa, vai ajudar também a controlares melhor a fermentação, porque com massas muito hidratadas mais rápida será a fermentação e quando uma massa passa do ponto ideal (aquele ponto em que "pega menos") então começa a ficar muito mais pegajosa.

Abraço
Camilo
Reply
#3
Olá Camilo
Agradeço a sua resposta. Estava a falar do pão alentejano com 60% de hidratação. Não sei se o problema não está na farinha pois uso tipo 65 mas do supermercados, tipo Espiga ou Nacional, passo publicidade. Gostava de experimentar farinha de moleiro só que não sei onde comprar na zona de Lisboa.
Um abraço.
Alice
Reply


Forum Jump:


Users browsing this thread: 1 Guest(s)